Blog
Cronologia
Livro de Visitas
Acerca
Mostrar mensagens com a etiqueta PremiosNobel. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta PremiosNobel. Mostrar todas as mensagens

Malala Yousafzai

2014
Malala Yousafzai torna-se a mais jovem ganhadora de um Nobel na história, pela sua luta contra a supressão das crianças e jovens e pelo direito de todos à educação. Malala é conhecida principalmente pela defesa dos direitos humanos das mulheres e do acesso à educação na sua região natal do vale do Swat na província de Khyber Pakhtunkhwa, no nordeste do Paquistão, onde os talibãs locais impedem as jovens de frequentar a escola. Desde então, o seu ativismo tornou-se um forte movimento à escala mundial.

Harald zur Hausen

2006
Harald zur Hausen descobre o vírus do papiloma humano (HPV), vírus sexualmente transmissível, associado ao desenvolvimento do carcinoma do colo do útero, verrugas e outras patologias anogenitais. Pelos seus estudos nesta matéria, Hausen foi galardoado com o prémio Nobel da Fisiologia/Medicina em 2008.

Shuji Nakamura

1996
Shuji Nakamura, laureado com o Nobel da Física em 2014, em conjunto com Isamu Akasaki e Hiroshi Amano, pela invenção de diodos azuis emissores de luz, um grande avanço na tecnologia de iluminação, através do qual foram atingidas fontes de luz brilhantes e economizadoras de energia.

James Watson

1953
James Watson (na fotografia) e Francis Crick descobrem a estrutura da molécula de ADN. Ambos viriam a ser laureados com o Prémio Nobel de Fisiologia / Medicina em 1962, juntamente com Maurice Wilkins.

James Chadwick

1932
James Chadwick descobre o neutrão, uma das partículas que, juntamente com o prótão, formam os núcleos atómicos. Fora do núcleo atómico o neutrão é instável e tem uma vida média de cerca de 15 minutos, emitindo um eletrão e um antineutrino para se converter num prótão. A massa desta partícula é muito semelhante à do protão. Pela sua descoberta, Chadwick recebeu o Prémio Nobel de Física dois anos depois.

Henrik Dam

1929
Henrik Dam (na foto) descobre a vitamina K. Num estudo realizado com galinhas, Dam observou que a hemorragia era um sinal característico de uma dieta sem gorduras. Em 1935, relatou que o sintoma era aliviado quando uma substância solúvel em gordura era ingerida, denominando-a de vitamina K ou vitamina da coagulação. Em 1939 Edward Doisy descobre a constituição química da mesma vitamina, isolando-a por completo. Foram ambos agraciados com o Nobel de Fisiologia/Medicina em 1943 pelos seus trabalhos nesta descoberta.

Linus Pauling

1927
Linus Pauling aplica a mecânica quântica à química e em 1954, foi galardoado com o Nobel de Química pelo seu trabalho relativo à natureza das ligações químicas. Também efectuou importantes contribuições relativas à determinação da estrutura de proteínas e cristais, sendo considerado um dos fundadores da Biologia Molecular.

António Egas Moniz

1927
António Egas Moniz realiza a primeira angiografia cerebral, uma técnica utilizada para a detecção de anomalias dos vasos sanguíneos cerebrais. É injectado contraste radiopaco (substância visível com o Raio X) numa artéria que irriga o cérebro, revelando assim o padrão do fluxo sanguíneo cerebral nas radiografias.

Henry Dale

1914
Henry Dale (na foto) e Otto Loewi descobrem a transmissão química dos impulsos nervosos. Fenómenos de natureza eletroquímica que ocorrem devido a modificações na permeabilidade da membrana dos neurónios e que permitem a passagem de iões de um lado para o outro da membrana. Ambos os cientistas viriam a ser laureados com o Nobel da Fisiologia ou Medicina em 1936 por estas importantes descobertas.